A Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região – Amatra1 é uma entidade de natureza civil, sem fins lucrativos, e foi criada com o objetivo de lutar pela valorização da classe e na defesa, sempre que necessário, dos interesses dos magistrados do trabalho.

História

A AMATRA1 (Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região) foi fundada em 21 de maio de 1963, com o objetivo de defender a magistratura do Trabalho e lutar pela valorização da categoria. O primeiro presidente foi Lyad Sebastião Guimarães de Almeida. Em 1957, seis anos antes da fundação, juízes do Trabalho do Rio de Janeiro uniram esforços pela aprovação de projeto de lei na Câmara dos Deputados para aumentar a remuneração da categoria, muito baixa em comparação a outras carreiras da Justiça.

 Os magistrados Lyad Sebastião Guimarães de Almeida, Feliciano Mathias Netto, Hugo Ferreira da Cunha, Tarcísio Meireles Padilha, Geraldo Otávio Guimarães, José Fiorencio Júnior e Délio Maranhão se empenharam durante oito meses no Congresso, quando a capital federal ainda era no Rio de Janeiro, para vencer a resistência dos parlamentares. A atuação dos juízes foi fundamental para a vitória da classe, com a aprovação de importante aumento salarial. A remuneração dos magistrados trabalhistas foi, enfim, equiparada aos do Distrito Federal.

Em 1961, já em Brasília, os magistrados trabalhistas voltaram a tratar do reajuste salarial e da composição do quadro de funcionários das recém-criadas Juntas de Conciliação e Julgamento. Com o atraso na instalação das Juntas – motivado pela demora na criação do quadro de pessoal e pela confusa promoção de magistrados, entre outras dificuldades -, os juízes sentiram a necessidade de criar uma entidade que defendesse especificamente os interesses da magistratura do Trabalho.

O grupo propôs ao então presidente do TRT-RJ (Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região), César Pires Chaves, a criação da AMATRA1. A associação foi oficialmente fundada em 1963, com sede no gabinete da 8ª Junta de Conciliação e Julgamento do ex-Distrito Federal. Originada a partir de um movimento dos juízes da década de 50, a AMATRA1 cresceu e, desde então, atua firmemente pelo fortalecimento da magistratura trabalhista do Rio de Janeiro.

conheça os programas

  • Trabalho, Justiça e Cidadania

Diretoria Atual

PRESIDENTE
Ronaldo da Silva Callado

1ª VICE-PRESIDENTE
Adriana Leandro de Sousa Freitas

2ª VICE-PRESIDENTE
Patrícia Lampert Gomes

SECRETÁRIO-GERAL
Lila Carolina Mota Pessoa Igrejas Lopes

1º DIRETOR FINANCEIRO
Leonardo Saggese Fonseca

2ª DIRETORA FINANCEIRA
Roberta Ferme Sivolella

1ª DIRETORA CULTURAL
Helen Marques Peixoto

2º DIRETOR CULTURAL
Marcelo Antônio de Oliveira Alves de Moura

DIRETORES-ADJUNTOS
Cláudia Pisco

DIRETORA DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO
Fabrícia Aurélia Lima Rezende Gutierrez

1º DIRETOR SOCIAL
José Dantas Diniz Neto

2º DIRETOR SOCIAL
Paulo Rogério dos Santos

DIRETORES-ADJUNTOS
Bianca Dalla Vedova

DIRETOR ADMINISTRATIVO E DE PATRIMÔNIO
Eduardo Elgarten Rocha

1ª DIRETORA DE PRERROGATIVAS E DIREITOS
Rosane Ribeiro Catrib

2ª DIRETORA DE PRERROGATIVAS E DIREITOS
Roberta Lima Carvalho

DIRETORA-ADJUNTA
Mônica de Almeida Rodrigues

DIRETOR DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS
Jorge Lopes

DIRETORA-ADJUNTA
Benimar Ramos de Medeiros Marins

1ª DIRETORA DE CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS
Daniela Müller

2ª DIRETORA DE CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS
Mônica do Rego Barros Cardoso

DIRETORES-ADJUNTOS DE ESPORTES
Filipe Olmo e Fernando Resende

CONSELHO FISCAL
Rogério Lucas Martins, André Amorim e Marcelo Lanzana

CONSELHO EDITORIAL
Cléa Maria Carvalho do Couto e Gloria Regina Ferreira Mello

REPRESENTANTE NA ESCOLA JUDICIAL
Cláudia Pisco


> CLIQUE AQUI PARA CONHECER OS EX-PRESIDENTES