13 de janeiro de 2020 . 13:27

Revista do CNJ recebe artigos acadêmicos até 10 de abril

A Revista Eletrônica do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) vai receber até 10 de abril artigos inéditos de especialistas, pesquisadores e membros da comunidade acadêmica para sua 4ª edição. A publicação deste ano é alusiva aos 15 anos do Conselho e tem como tema “O CNJ e o Futuro do Judiciário”. Os interessados devem fazer o cadastro no site da revista e inserir o artigo no sistema.

Os participantes devem ter pós-graduação em nível de Mestrado, Doutorado ou Pós-Doutorado, e podem enviar apenas uma pesquisa com até três autores. Os textos devem ser escritos em português e obedecer regras específicas de formatação e requisitos bibliográficos. Veja aqui as normas estabelecidas.

Os trabalhos inscritos serão submetidos à análise da coordenação, responsável pela adequação à linha editorial da Revista CNJ. Os artigos vão ser avaliados tecnicamente por dois pareceristas anônimos indicados pelo Conselho Editorial do periódico e com doutorado na área. O sistema de correção será o formato duplo-cega, em que os elementos de identificação dos autores são suprimidos.

Leia mais: Documentário revela histórias de resgatados do trabalho escravo
Canal do TST no YouTube tem vídeos para pessoas com deficiência auditiva
AJD e Fiocruz promovem curso sobre a relação entre saúde, trabalho e ambiente

Revista do CNJ

Lançada em 2015, a Revista do CNJ é coordenada pelo Secretário Especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica, juiz Richard Pae Kim, e organizada pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ). Em sua primeira edição, o volume reuniu análises sobre principais temas relacionados à atuação do CNJ. 

Em 2017/2018, abordou conteúdos de profissionais do CNJ sobre tópicos variados, como “Interoperabilidade e a Violência Institucional no Sistema Prisional”. Em 2019, a revista teve como tema “Eficiência, Transparência e Responsabilidade no Poder Judiciário”. Confira aqui todas as edições da Revista Eletrônica do CNJ. < VOLTAR